Procuradoria Geral Município
Teresina, 18 de Novembro de 2017

Notícia Ver todas

Procuradora Geral do Município defende maior participação da mulher na política durante evento no Pará

14/11/2017 - 08h00
Procuradora Geral do Município defende maior participação da mulher na política durante evento no Pará

O Tribunal Regional Eleitoral do Pará, por meio da Escola Judiciária Eleitoral (EJE) promoveu, nesta segunda-feira (13), a palestra com o tema “Nós, Mulheres: Recuperação e Participação Política”, em Belém-PA. A procuradora-geral do Município de Teresina, Geórgia Nunes, que é especialista em Direito Eleitoral e coordenadora-geral da Academia Brasileira de Direito Eleitoral e Político (ABRADEP), esteve presente no evento como uma das palestrantes.

 

 

“Foi uma manhã de conversa bastante proveitosa. Fiquei honrada com o convite e agradeço a oportunidade de contribuir com o Programa de Estudos Eleitorais do TRE-PA, que sempre apresenta temas importantes para a sociedade fortalecendo a nossa democracia, assim como uma maior participação de mulheres na política e nos poderes do país”, ressalta a advogada Geórgia Nunes.

 

 

A palestra faz parte da edição de novembro do Programa de Estudos Eleitorais da EJE-PA e tem como objetivo contribuir para promoção da democracia, por meio da socialização de informações e conhecimentos sobre as regras que norteiam o processo eleitoral e a participação política dos cidadãos.

 

 

O evento foi gratuito e voltado para estudantes, magistrados, advogados e público em geral. Durante o debate a procuradora-geral do Município de Teresina Geórgia Nunes, abordou e sugeriu medidas para minimizar as distorções na representação de gênero na política, destacando, ainda, práticas bem-sucedidas que vem sendo adotadas em empresas dos diversos segmentos do setor privado, para estimular a ocupação dos espaços de poder pelas mulheres.

 

Também participou da palestra, a professora de Direito Constitucional e Eleitoral, Eneida Desiree Salgado; a consultora eleitoral Juliana Rodrigues Freitas; a advogada eleitoral Paula Bernardelli; e o ex-ministro do Tribunal Superior Eleitoral, Joelson Costa Dias.